Passagem do Metrô e da CPTM não devem aumentar em 2014

Por fabiosaraiva

O preço da passagem do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Transporte Metropolitano) não deve ter aumento em 2014. É o que sinaliza o governo de São Paulo. “Até agora não tem nenhuma decisão de aumento. Se nós pudermos evitar o aumento, é ótimo. Nesse momento, está definido que não vai ter aumento. É preciso avaliar a questão financeira, que você vai avaliando permanentemente”, afirmou o governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Normalmente, o reajuste na tarifa do transporte público acontece logo no começo do ano, mas até agora os preços continuam os mesmos de 2013. Nos dois sistemas, o valor do bilhete unitário é de R$ 3. Dois fatores estão relacionados com a intenção de não autorizar o reajuste: o ano eleitoral e a onda de protestos do ano passado, que teve como catalisador o reajuste na tarifa de ônibus em São Paulo. O prefeito Fernando Haddad já garantiu que não haverá aumento do preço da passagem do ônibus na capital em 2014.

Manifestações de junho

Em junho de 2013, várias manifestações populares tiveram início em todo o país, desencadeadas pelos aumentos nas tarifas de transporte público. Em resposta, o governo brasileiro anunciou uma série de medidas para tentar atender às reivindicações dos cidadãos, entre elas a revogação dos então aumentos no transporte e a volta aos preços anteriores ao movimento em várias cidades do país, entre elas, São Paulo.

As pessoas foram às ruas em cidades como Manaus, Vitória , Fortaleza, Natal, Salvador, Recife, Maceió, Belo Horizonte,Brasília, Goiânia, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, e os movimentos começaram a ganhar grande adesão após a forte repressão policial contra as passeatas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo