Verba para recapeamento cai e queixas disparam em São Paulo

Por fabiosaraiva

Captura de Tela 2014-03-23 às 22.39.05Está cada vez mais difícil dirigir pela cidade sem passar por pelo menos um buraco nas ruas. Não é para menos, No ano passado, o valor gasto pela prefeitura com recapeamento das vias da cidade foi o menor dos últimos cinco anos.

Segundo relatório de execução orçamentária, da Secretaria de Finanças, no ano passado foram gastos R$ 56,7 milhões. O valor é 71% menor do que os R$ 197 milhões gastos em 2012.

Cansado de tantos buracos, o paulistano botou a boca no trombone. No ranking de queixas da Ouvidoria da prefeitura, esse tipo de reclamação foi o que mais cresceu – de 432, em 2012, para 752, no ano passado, aumento de 74%. As reclamações na Ouvidoria podem ser feitas pelo telefone 0800-17-5717.

A cidade tem 17 mil km de ruas e avenidas, por onde circulam diariamente 3,6 milhões de veículos. E esses carros têm que conviver com o “nascimento” diário  de cerca de 1,5 mil buracos.  Falhas no asfalto são encontradas em todas as regiões, inclusive em avenidas importantes.

A Secretaria das Subprefeituras afirma que a queda nos gastos acontece porque a gestão anterior reservou menos dinheiro para o serviço. Além disso, a pasta diz realizar, constantemente, levantamento de vias que apresentam necessidade de serviço tapa-buraco.

Atualmente, 85 equipes são responsáveis por reparos do asfalto, executando, diariamente, cerca de 1,5 mil a 2 mil buracos. Só no ano de 2013 foram tapados 427.551 buracos em toda a cidade. Este ano, foram já executados 71.985 serviços de tapa-buraco.

 

Análise: ‘O serviço é  mal feito’ – Rita Moura Fontes – Engenheira especialista em asfalto

O recapeamento na capital é feito de qualquer forma. Não há um controle de temperatura do asfalto quando ele é aplicado na via. Além disso, a composição da massa asfáltica está ao contrário. Em vez de usarem mais pedras do que de pó de pedra, utilizam mais pó. Dessa forma, a mistura fica mais fina e não existe uma base firme. O trabalho de reparo também é outro problema. Quando é identificado um buraco, os funcionários da prefeitura removem apenas o asfalto que está próximo ao orifício. O certo seria retirar todo o entorno, para que haja uma base maior de sustentação.

20140324_SP04_Recapeamento-arte

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo