Tropa de Choque intervém para garantir transferência de presos

Por fabiosaraiva
Tropa de Choque forma barreira com os escudos na chegada do CPD do Belém | Adriano Lima/Folhapress Tropa de Choque forma barreira com os escudos na chegada do CPD do Belém | Adriano Lima/Folhapress

A Tropa de Choque teve de ser acionada para garantir entrada de presos no Centro de Detenção Provisória (CDP) no Belém, zona leste de São Paulo, nesta quinta-feira. Agentes penitenciários em greve montaram um bloqueio em frente ao prédio, impedindo a entrada de cerca dos 100 detentos que estavam sendo transferidos, e tiveram de ser carregados para o acesso fosse liberado.

Mais cedo, a Polícia Civil tentou transferir os detentos que estavam na carceragem do 2º Distrito Policial (DP), no bairro do Bom Retiro, região central, para o CDP do Belém, mas desistiu por receio de confronto com agentes penitenciários, que estão em greve desde o dia 10 deste mês.

Quatro caminhões saíram por volta das 10h do 2ª DP, escoltados por agentes da Polícia Civil, em direção à zona leste, mas pouco tempo depois retornaram por causa do protesto dos agentes penitenciários.

Grevistas foram carregados para liberar a passagem dos detentos | Denny Cesare/Código 19/Folhapress Grevistas foram carregados para liberar a passagem dos detentos | Denny Cesare/Código 19/Folhapress

Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária informa que o governo paulista “mantém a disposição de negociar com as entidades representantes dos agentes penitenciários e espera responsabilidade dos líderes do movimento na manutenção dos serviços essenciais determinados por lei”.

A nota lembra que “o juiz Sérgio Serrano Nunes Filho, da 1ª Vara da Fazenda Pública, determinou que ficam proibidas quaisquer medidas que impeçam o transporte de detentos para audiências e julgamento e a transferência de presos entre unidades.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo