Ruas e avenidas do rodízio em São Paulo ganham nova sinalização

Por Tercio Braga
Sinalização na avenida Abraão de Moraes  | André Porto/Metro Sinalização na avenida Abraão de Moraes | André Porto/Metro

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) começou a implantar uma nova sinalização de solo para alertar os motoristas sobre a área de vigência do rodízio municipal de veículos.

Quem circular pelos cruzamentos das avenida Professor Abraão de Moraes com a rodovia dos Imigrantes e da avenida Braz Leme com a ponte da Casa Verde identificará  a pintura de uma letra “R” no asfalto.

Os símbolos serão pintados em outros quatro cruzamentos da cidade. O objetivo é reforçar que naquele ponto a área do rodízio começa ou termina.

A previsão é de que até o final deste mês todos os pontos já estejam sinalizados, informa a CET.

A nova identificação é semelhante a que será adotada na nova área de abrangência do rodízio, que deve começar a valer a partir de abril.

Segundo proposta da prefeitura, o atual modelo da restrição deve ser ampliado para mais 400 vias, somando 371 km lineares, em todas as regiões da cidade. Hoje, são 150 km quadrados, o que equivale ao centro expandido.

A restrição passará a valer em vias como a Radial Leste e as avenidas Aricanduva, Professor Francisco Morato e Inajar de Souza.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo