Represa da Guarapiranga tem heliponto irregular

Por Tercio Braga

Um heliponto irregular tem incomodado os moradores da região da represa da Guarapiranga, na zona sul. O local é utilizado todos os dias para o treinamento de pilotos de helicópteros. Até mesmo a  PM (Polícia Militar) utiliza o espaço.

Além do barulho, as operações de pousos e decolagens têm deixado os moradores do entorno apreensivos.  Desde 2003, quatro acidentes  foram registrados. O último aconteceu em julho de 2013, quando uma aeronave da PM fez um pouso forçado dentro da represa. Ninguém ficou ferido.

Segundo reportagem da BandNews FM, o heliponto funciona em uma área privada, que antes abrigava um clube de ultraleves. Um ex-piloto de avião, conhecido como Comandante Queiroz, é quem cuida do local. “A área é cedida para a PM. É um campo privado, mas existe um acordo operacional para que os policiais e duas escolas utilizem o espaço”, disse.

A implantação e operação de helipontos e aeroportos privados depende da aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). No caso da área em funcionamento na Guarapiranga, ela ainda deveria contar com autorizações das secretarias de Licenciamento e do Verde e Meio Ambiente. Nenhuma medida foi tomada até o momento contra o espaço.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo