Alckmin ‘joga’ para a Sabesp decisão sobre racionamento de água

Por fabiosaraiva

Não teve jeito. Após o sistema Cantareira atingir nesta terça-feira 16,9% de sua capacidade, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), pela primeira vez, empurrou a decisão sobre o rodízio de abastecimento de água  para 8,4 milhões de pessoas para a Sabesp.

Questionado sobre a possibilidade de racionamento, Alckmin afirmou que a decisão será técnica. “A situação é monitorada dia a dia pela Sabesp. Nós vamos decidir mais a frente um pouco.”

Até então, o governador vinha descartando sistematicamente o rodízio. A primeira afirmação de que o racionamento estava descartado foi no dia 4, quando o reservatório atingiu 21,2% de sua capacidade (veja ao lado).

A mudança no discurso é uma tentativa de Alckmin de mostrar que o caso não será influenciado pelo calendário eleitoral.

O tucano afirmou que o governo já está trabalhando para utilizar os 400 milhões de metros cúbicos do chamado “volume morto”  (água do subsolo).

O Cantareira abastece parte das zonas leste, centro, norte e oeste da capital, além de 10 municípios da Grande São Paulo. O nível atingido ontem é o menor desde o início das medições, em 1974.

Embora os últimos dias tenham registrado fortes chuvas, a situação não deve mudar no Cantareira. Segundo o meteorologista Thomaz Garcia, do CGE,  seriam necessários 1 mil milímetros de chuva para o sistema chegar a 50% de sua capacidade. “Mesmo se esse volume for registrado, ele não será suficiente. A terra no entorno do reservatório está muito seca, e por isso está drenando toda água, evitando que chegue até a bacia hidrográfica.”

De acordo com a meteorologia, o volume de chuva previsto para a região metropolitana deve ficar em 145 milímetros até o final do verão, bem abaixo do necessário.

 

arte-agua-nas-canelas620

Posição da Sabesp

A Sabesp afirma que, no momento, não trabalha com restrição de consumo. “A companhia adotou uma série de medidas. Entre elas, mais de 1,6 milhão de moradores da zona leste, que eram abastecidos pelo Cantareira, passaram a receber água do sistema Alto Tietê.”

A companhia também passou a oferecer um desconto de até 30% na conta de água de quem reduzir o consumo em 20%.  A medida resultou em uma queda de 2.120 litros por segundo.

arte-fonte-secando620

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo