Câmeras ajudam a identificar homens que mataram publicitário no RS

Por Tercio Braga

publicitario morto rs durante assalto reproducaoCâmeras de segurança podem ajudar a identificar dois criminosos que mataram um publicitário de 68 anos em Porto Alegre. Ele havia sacado uma grande quantia de dinheiro e foi baleado ao tentar fugir dos bandidos.

Imagens mostra, quando o carro se aproxima da entrada do condomínio de alto padrão, na zona sul de Porto Alegre. Em seguida, dois homens chegam em uma moto e anunciam o assalto. O motorista acelera e o bandido armado dispara cinco vezes.

Na sequência, o criminoso corre até o carro e depois foge com um malote, com uma quantia estimada em R$ 50 mil, que o publicitário havia sacado no banco. Um dos disparos acertou a cabeça de Lairson José Kunzler, que morreu horas depois no hospital. Ele era um dos sócios da agência de publicidade Paim Comunicação, uma das maiores de Porto Alegre, onde trabalhava havia mais de dez anos. A polícia vai usar as imagens das câmeras de segurança para tentar identificar os dois criminosos.

Somente em fevereiro, foram pelo menos dez casos de latrocínio, o roubo seguido de morte, no Rio Grande do Sul. No início do mês, um manobrista foi morto a tiros após reagir a um assalto em um estacionamento na área central de Porto Alegre. Na semana passada, o dono de um mercado foi assassinado por um criminoso na frente da mulher e de amigos, em Viamão, na região metropolitana.

Esse tipo de crime tem crescido ano a ano no Rio Grande do Sul. Somente nos últimos cinco anos, o numero de latrocínios subiu 74%.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo