Ator é preso suspeito de roubo no Rio de Janeiro

Por george.ferreira

A polícia investiga se o ator e vendedor de roupas Vinícius Romão de Souza, de 27 anos, foi preso por engano no Rio de Janeiro. O suspeito, que fez uma participação na novela “Lado a Lado”, da Rede Globo, está preso desde o último dia 10 sob a acusação de ter assaltado uma copeira do Hospital Pasteur.

A vítima contou que o assaltante era negro, vestia camiseta preta e tinha o cabelo no estilo black power. Vinícius, que estava próximo ao local, foi preso em flagrante, apesar de não ter sido encontrado nada com ele. Na bolsa roubada, havia R$ 10, um celular e um cartão Riocard.

Segundo o advogado do ator, vídeos de segurança do hospital e de prédios vizinhos mostram que o verdadeiro ladrão, que também era negro, vestia apenas uma bermuda, enquanto Vinícius estava com uma calça e uma camisa pretas. Ele informou que já entrou com um pedido de liberdade provisória, que ainda não foi apreciado pela Justiça.

A Polícia Civil informou que vai solicitar imagens de câmeras de seguranças para auxiliar nas investigações.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais. Amigos e familiares do ator, ativistas e pessoas em geral associam a ocorrência a racismo.

Ator Vinícius Romão participou da novela "Lado a Lado" da Rede Globo | Divulgação Ator Vinícius Romão participou da novela “Lado a Lado” da Rede Globo | Divulgação

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo