Homicídios e roubos crescem em SP, diz Secretaria de Segurança

Por george.ferreira

O Estado de São Paulo registrou um aumento de 1,20% nos casos de homicídios dolosos – quando há intenção de matar – em janeiro deste ano, em comparação ao mesmo período de 2013. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, foram 422 ocorrências do gênero, após o índice do crime ter fechado o ano passado com queda de 8,2%.

O relatório divulgado pelo órgão aponta ainda um crescimento de 32,5% do número de roubos, que totalizaram 26.987 casos, contra 20.371 ao final de janeiro de 2013.

O Estado também  teve uma queda de 2,9% no número de furtos. Foram 1.422 furtos a menos, de 49.193 casos em janeiro no ano passado para 47.771 no mês passado. Esta é a maior redução percentual do indicador para um mês de janeiro nos últimos quatro anos.

Além disso, os latrocínios – roubos seguidos de mortes – estagnaram no último mês e não tiveram variação. Foram registrados 34 latrocínios em janeiro de 2014, que é o mesmo número do mesmo período do ano anterior. No ano passado, houve um crescimento de 10% no número de latrocínios em relação a 2012.

As estatísticas mostram ainda que as extorsões mediante sequestro tiveram recuo de um caso no mês, passando de quatro ocorrências contabilizadas em janeiro de 2013, para três no primeiro mês deste ano.

Também foram retiradas das ruas 1.594 armas de fogo no mês passado, o que representa um aumento de 7% em relação a janeiro de 2013, que registrou 1.489 armas apreendidas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo