Polícia convoca manifestantes em dia de protesto em São Paulo

Por Tercio Braga
Manifestantes se dispõem em frente à Secretaria de Segurança Pública de São Paulo | Fábio Vieira/Fotoarena/Folhapress Manifestantes se dispõem em frente à Secretaria de Segurança Pública de São Paulo | Fábio Vieira/Fotoarena/Folhapress

O Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) intimou manifestantes suspeitos de “práticas criminosas” para prestarem depoimento no sábado (22). Segundo a SSP (Secretaria de Estado de Segurança Pública de São Paulo), as oitivas fazem parte de uma série de depoimentos que estão agendados. Desde outubro, quando foi instaurado o inquérito para investigar os participantes de protestos, foram ouvidas mais de 80 pessoas.

No Facebook, militantes divulgaram fotos das intimações, sem identificação do nome dos envolvidos. No documento, o suspeito é convocado a prestar depoimento às 16h de sábado em uma investigação sobre os crimes de dano e formação de quadrilha. O texto diz ainda que o intimado deve se apresentar “trajado adequadamente” em uma delegacia da zona norte paulistana.

Para as 17h deste sábado está marcada uma manifestação na Praça da República, centro da capital paulista, contra os gastos para a Copa do Mundo. Na página do evento, que tem 13,4 mil presenças confirmadas, alguns usuários relacionam o horário dos depoimentos com a hora do protesto, como se houvesse uma tentativa de impedir algumas pessoas de participar do ato.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo