Motoristas e cobradores interrompem circulação de ônibus da zona norte de SP

Por fabiosaraiva
PMs observam ônibus com pneu furado por motoristas e cobradores da Viação Sambaíba, na zona norte de SP, que entraram em greve| Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress PMs observam ônibus com pneu furado por motoristas e cobradores da Viação Sambaíba, na zona norte de SP, que entraram em greve | Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress

Ônibus da Viação Sambaíba, que atende a zona norte da capital paulista, não estão circulando.

Segundo a companhia, o que ocasiona a paralisação – que acontece desde as 4h40 – são reinvindicações de funcionários por melhorias trabalhistas. Os funcionários da Sambaíba questionam o desconto do salário, praticado quando o ônibus para por problema mecânico, por exemplo. Eles também reclamam por não receberem enquanto não iniciam viagem, mesmo que estejam à disposição da empresa.

A viação conta com 448 ônibus, que atendem 44 linhas. A SPTrans, empresa que gerencia o transporte público paulistano, acionou o sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência). Cerca de 200 ônibus foram disponibilizados para 30 linhas.

Ouvintes da BandNews FM relatam que os pontos na região do Parque Edu Chaves, na zona norte, estão lotados em razão da falta do serviço. A espera por ônibus chega a 50 minutos.

Uma reunião entre a direção da companhia de ônibus e representantes dos funcionários acontece desde as 10h no Terminal de Cargas Fernão Dias.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo