Após vandalismo, 21 são presos na Grande São Paulo

Por george.ferreira

A polícia prendeu 21 pessoas suspeitas de realizarem vandalismo em protesto na cidade de Suzano, na Grande São Paulo. O grupo teria queimado dois ônibus, quatro caminhões e dois veículos de passeio na noite de ontem.

A ação criminosa seria reflexo da morte de dois jovens a tiros por volta das 17h de quarta-feira. As vítimas, de 14 e 21 anos, estavam na frente de uma residência quando foram atingidas por disparos, vindos de um carro em movimento.

Acreditando que policiais seriam responsáveis pelas mortes, moradores da região armaram barricadas de fogo no trecho entre a Avenida Miguel Badra e a Rua Edmilson Rodrigues Marcelino.

Equipes da polícia foram recebidas a pedradas e o helicóptero Águia foi chamado para dar apoio. Os confrontos – que começaram por volta das 18h – seguiram até as 23h30, quando os agentes conseguiram dispersar a multidão e liberar as vias para o trânsito.

O grupo detido foi encaminhado para o Distrito Policial de Suzano. A polícia nega envolvimento com a morte dos jovens.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo