Polícia indicia acusados por homicídio doloso de Santiago

Por Tercio Braga

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai entregar ao Ministério Público o inquérito concluído sobre a morte do cinegrafista da Band, Santiago Andrade.

Caio Silva de Souza e Fábio Raposo serão indiciados por homicídio doloso – quando há intenção de matar – e crime de explosão, com penas de até 35 anos de prisão.

Segundo a polícia, o depoimento de um amigo de Caio, prestado na manhã desta quinta-feira, foi fundamental para a conclusão do caso. De acordo com ele, Caio disse que havia feito ‘besteira’ e achava que tinha matado uma pessoa.

Santiago é cremado

Homenagens e emoção no velório de Santiago Andrade. Amigos, familiares e colegas de profissão foram se despedir do cinegrafista da Band.

Reportagem – Alexandre Tortoriello
Arlita Andrade – esposa de Santiago
Camila Grecco – repórter da Band
Dom Orani Tempesta – arcebispo do Rio
Jorge Andrade – irmão de Santiago
Fernando Mitre – diretor geral de jornalismo da Band


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo