Acidentes com motocicletas geram 71% das indenizações do DPVAT

Por fabiosaraiva

Os acidentes de trânsito em todo o país resultaram no pagamento de 633.845 indenizações pelo seguro DPVAT no ano passado. O número representa um crescimento de 25% na comparação com  2012. No total, os pagamentos somaram R$ 3,2 bilhões.

Divulgado ontem, o balanço revela que 71% das indenizações pagas têm origem em acidentes envolvendo motocicletas. Os carros, que representam 60% da frota nacional, correspondem a 24% dos valores liberados pela Seguradora Líder, responsável pelo pagamento do DPVAT.

Na avaliação do presidente da seguradora, Ricardo Xavier, o acesso mais fácil às motocicletas nos últimos anos contribuiu com o aumento no número de acidentes. “O acidente não acontece necessariamente com o motoboy, mas com quem utiliza a moto no trajeto entre sua casa e o local de trabalho.”

O levantamento ainda revela um crescimento de 26%  na liberação de indenizações para os casos de invalidez permanente, ante 2012. Entre janeiro e dezembro do ano passado foram 444.206 pagamentos.

De acordo com a seguradora,  houve uma queda de 10% no total de pagamentos  por morte em acidentes de trânsito. Foram 54.767 casos, ante 60.752 no período anterior.

Os dados apresentados mostram que 76% das vítimas indenizadas são homens. A maioria com idade entre 18 e 34 anos.

 

Pedidos    

A liberação da indenização é feita em até 30 dias. Os pedidos podem ser feitos nos postos oficiais de atendimento. Os endereços estão disponíveis no endereço: www.dpvatsegurodotransito.com.br.

Os valores pagos às vítimas variam entre R$ 13,5 mil, nos casos de morte ou invalidez, e R$ 2,7 mil para os pedidos de reembolso de despesas médicas e hospitalares.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo