Volume de água do Sistema Cantareira cai a 19,8%

Por Caio Cuccino Teixeira
Represa do Jaguari, que faz parte do sistema Canteira | Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress Represa do Jaguari, que faz parte do sistema Canteira | Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress

O volume de água nos reservatórios do sistema Cantareira caiu ainda mais neste domingo, atingindo 19,8%.

Segundo a Sabesp, essa é a primeira vez que o sistema fica abaixo dos 20% desde 1974, quando os reservatórios foram criados. A Sabesp classificou o cenário atual como “preocupante”.

Formado por quatro represas, o sistema abastece 8 milhões de pessoas nas zonas norte, leste e no centro da capital, além de 10 municípios da região metropolitana.

Segundo a Sabesp, o mês de dezembro de 2013 foi especialmente ruim, com 62 milímetros de chuva em São Paulo.

A média histórica para o mês na cidade são 226 milímetros. Em janeiro as chuvas, que normalmente chegam a 300 milímetros, ficaram em 87,7 mm. Além disso, foi o janeiro mais quente da história, o que aumenta o consumo de água.

Neste domingo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) voltou a descartar um racionamento de água. Em visita oficial para entregar viaturas à PM de Taubaté, Alckmin comentou que o momento é para investir em campanhas educativas para evitar o desperdício.

“Neste momento não haverá racionamento”, afirmou, acreditando na previsão de que a chegada das chuvas daqui a 15 dias tragam um alívio para os baixos níveis dos reservatórios.

Entre as ações sugeridas pelo governador estão escovar os dentes com a torneira desligada e mais rapidez nos banhos. “Todos colaborando não vai faltar água”, incentivou.

Neste domingo, a capital registrou máxima de 33ºC. No início da noite, choveu forte em algumas regiões da cidade. Por volta das 19h30, o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência) colocou as zonas norte e oeste em estado de atenção, mas não foram registrados pontos de alagamento.

O calor continua nos próximos dias. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), hoje os termômetros devem variar entre 22ºC e 34ºC. Nas horas mais quentes a umidade relativa do ar deve atingir valores em torno dos 30%. Entre o final da tarde e o início da noite, a chegada da brisa marítima causa aumento de nebulosidade, mas com poucas chances para chuvas significativas.

Nesta terça-feira, a temperatura fica entre 20ºC e 33ºC. Existe a possibilidade de chuva no final do dia em algumas regiões.

Seca no reservatório de Bragança Paulista | Jorge Araujo/Folhapres Seca no reservatório de Bragança Paulista | Jorge Araujo/Folhapres
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo