Filho de Coutinho recebe alta e fica em custódia da PF

Por george.ferreira

O filho do cineasta Eduardo Coutinho, que confessou ter matado o pai a facadas, recebeu alta do Hospital Municipal Miguel Couto e está sob custódia da Polícia Civil do Rio de Janeiro. A corporação ainda não informou para onde Daniel Coutinho foi levado.

No último domingo, ele atacou o documentarista, feriu a mãe e também tentou se matar na casa da família, no bairro da Lagoa. A viúva do cineasta continua internada em um hospital particular da capital fluminense, com melhora no quadro de saúde.

O corpo do documentarista foi enterrado na segunda-feira, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, também na zona sul do Rio. Sob forte comoção, cerca de 30 pessoas acompanharam o velório e o sepultamento do cineasta.

Eduardo Coutinho foi vencedor de diversos prêmios ao longo de sua carreira. Dirigiu cerca de vinte filmes, incluindo “Cabra Marcado Para Morrer”, “Edifício Master” e “Babilônia 2000”. No ano passado, ele havia sido convidado a integrar a associação responsável pela premiação do Óscar.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo