Projeto quer Minhocão fechado aos sábados e como parque suspenso

Por fabiosaraiva
Ocupação semelhante  foi feita no local no mês de abril | Joel Silva/ Folhapress Minhocão vira área de lazer aos domingos | Joel Silva/ Folhapress

Um projeto de lei propondo o fechamento do Minhocão também aos sábados será apresentado nesta terça-feira na Câmara Municipal. O texto deve ser o primeiro a ser colocado em discussão no retorno do Legislativo.

Atualmente, o elevado Costa e Silva, uma das principais ligações entre o centro e os bairros das zonas leste e oeste, fica fechado aos domingos e feriados. Durante a semana, os carros não podem circular entre 21h30 e 6h para reduzir o impacto do barulho dos automóveis.

A proposta será apresentada pelos vereadores José Police Neto (PSD), Nabil Bonduki (PT) e Toninho Vespoli (PSOL). Caso seja aprovado em duas votações, o texto seguirá para sanção ou veto do prefeito Fernando Haddad (PT).

Além de propor mais um dia sem automóveis, o texto altera o horário de funcionamento durante a semana, os carros seriam proibidos de circular entre 21h e 6h30.

Police Neto diz que o objetivo é transformar o Minhocão em um parque suspenso durante os finais de semana, seguindo o modelo do High Line de Nova York, nos Estados Unidos. Com 2,5 km de extensão, o parque linear, foi construído em 2009 sobre uma antiga via férrea elevada.

Na avaliação do  vereador, a capital passa por um momento que permite o debate sobre a finalidade que será dada aos cerca de 3 km de extensão do Minhocão. “A extrema dependência do carro vem sendo colocada em debate. O uso dos espaços para outras finalidades terá que ser discutido, e o destino do elevado é parte desse processo.”

A intenção dos responsáveis pelo projeto é preparar a cidade para o fechamento definitivo do Minhocão futuramente.

O projeto também deve  colocar em debate, mais uma vez, a demolição da estrutura. Em 2010, a administração Gilberto Kassab (PSD) chegou a contratar um estudo para avaliar o impacto da medida ao trânsito, mas ele não foi concluído.

 

Trânsito 

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) afirma que ainda não possui um levantamento sobre o impacto da mudança proposta nos índices de congestionamento. Mas o  órgão ressalta que, diferentemente dos domingos, o fluxo de veículos aos sábados é intenso na região.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo