Grupos bloqueiam colégios eleitorais na Tailândia

Por talita
Eleições acontecem pacificamente em outras regiões / Reuters Eleições acontecem pacificamente em outras regiões / Reuters

Manifestantes contrários ao governo bloquearam neste domingo vários colégios eleitorais na capital tailandesa, Bangcoc, em dia de eleições legislativas boicotadas pela oposição. Apesar dos protestos, a primeira-ministra, Yingluck Shinawatra, votou logo após a abertura dos colégios eleitorais. Em outras regiões da Tailândia, a votação ocorre normalmente, com exceção de algumas províncias do Sul.

Os opositores, nas ruas há três meses, receiam que a eleição prolongue a permanência no poder da família Shinawatra, acusada de ter criado um sistema de corrupção generalizado. A oposição acusa Yingluck de ser manipulada pelo irmão, Thaksin Shinawatra, que está no exílio para fugir de uma condenação à prisão por desfalque financeiro. Ex-chefe do governo, ele foi afastado em um golpe de Estado em 2006.

No distrito de Din Deng, em Bangcoc, os manifestantes antigovernamentais cercaram um colégio eleitoral e lançaram pedras contra os eleitores. Pouco depois, as autoridades suspenderam a votação neste e em outros três distritos de Bangcoc devido à ação dos manifestantes.

Mais de 40 milhões de tailandeses estão convocados para as eleições para acabar com os protestos da oposição, liderada pelos dirigentes do Partido Democrata. Os opositores boicotaram a eleição e querem a demissão do governo e a instauração de um conselho popular que introduza mudanças políticas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo