Umidade do ar é a menor em 30 anos e sensação térmica chega a 38,2ºC

Por fabiosaraiva

A capital registrou nesta quinta-feira a menor umidade do ar dos últimos 30 anos. Segundo o Inmet, a umidade chegou a 24%, por volta das 16h30. O índice é igual ao registrado no dia 13 de janeiro de 1984. Pouco depois, a nebulosidade aumento e a umidade subiu para 30%.

Mesmo com a elevação, o índice continuou em estado crítico. Umidade igual ou inferior 30% caracteriza estado de atenção; de 19% a 12%, estado de alerta; e abaixo de 12%, estado de emergência. O deserto do Saara registra em média umidades entre 10% e 15%.

O tempo seco colaborou para que a sensação térmica chegasse a 38,2ºC.

“Neste mês que está entrando a sensação de abafamento deve continuar, e atingir níveis próximos aos 40ºC”, diz a meteorologista Neide Oliveira.

De acordo com a meteorologista, os níveis de umidade relativa do ar observados ontem ocorrem poucas vezes no verão, estação mais chuvosa do ano.

“Esses índices são mais comuns no inverno. O tempo seco é resultado de uma zona de alta pressão que barra as massas de ar que trariam chuvas da Amazônia e da região Sul”.

 

20140131_SP08_Dicas-para-o-tempo-seco

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo