Rio tem ato contra aumento da tarifa de ônibus

Por Caio Cuccino Teixeira
Manifestantes pulam catracas de estação | Rudy Trindade/Frame/Folhapress Manifestantes pulam catracas de estação | Rudy Trindade/Frame/Folhapress

Manifestantes realizaram um pulo coletivo de catracas na noite de quinta-feira na Central do Brasil, importante estação de trens do Rio de Janeiro. O ato é contra o reajuste das passagens de trens e ônibus.

Centenas de pessoas utilizaram o transporte público sem pagar depois que o aumento de 9,09% no valor do ônibus foi anunciado na noite de anteontem. A passagem vai aumentar de R$ 2,75 para R$ 3 no dia 8 de fevereiro. A tarifa dos trens urbanos, no valor de R$ 2,90, também pode subir nos próximos dias.

Alguns manifestantes se dividiram na entrada da estação para informar aos usuários que o embarque era gratuito. Os funcionários da SuperVia, empresa responsável pelos trens, tentavam controlar a situação informando que o funcionamento era normal.

A Polícia Militar acompanhou o ato, mas até às 22h de quinta-feira nenhum confronto foi registrado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo