Câmera da Nasa que voltou de missão à Lua é leiloada

Por Tercio Braga
O modelo usado pela Nasa nas missões à Lua foi a Hasselblad 500 | Nasa O modelo usado pela Nasa nas missões à Lua foi a Hasselblad 500 | Nasa

A única câmera de fotos da Nasa (Agência Espacial Americana) que retornou à Terra após as diferentes missões Apollo na Lua entre 1969 e 1972 será leiloada em Viena no dia 22 de março.

O dispositivo, com um corpo prateado que pode se atar à parte dianteira do traje de um astronauta, tem um valor estimado de 150.000 a 200.000 euros, explicou Peter Coeln, fundador da Westlicht, uma das galerias mais famosas do mundo no campo da fotografia.

No total, a Nasa levou 14 câmeras entre as missões Apollo 11 e 17, mas apenas uma retornou à Terra, provavelmente devido aos problemas para retirar o rolo ao fim de sua utilização.

As outras treze máquinas, que pesavam vários quilos, foram abandonadas na Lua para permitir que os astronautas trouxessem pedras lunares à Terra, já que o peso era uma preocupação importante nas missões.

O americano Jim Irwin utilizou a câmera Hasselblad e tirou 299 fotografias em três dias na Lua durante a missão Apollo 15. O aparelho foi colocado à venda por um colecionador italiano, que a havia comprado de um americano.

Uma pequena placa no interior da câmera, com o número 38 – o mesmo que aparecia nas fotos da Nasa – “é a prova 100% de que esta câmera é a verdadeira e que esteve de verdade na Lua”, disse Peter Coeln.

A galeria Westlicht leiloou em 2012 a câmera de fotos mais cara do mundo, um protótipo da Leica de 1923, por 2,16 milhões de euros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo