Cidade tem 23 ônibus queimados apenas em janeiro

Por fabiosaraiva
Ônibus foi incendiado na Brasilândia após protesto | Reginaldo Castro/Folhapress Ônibus foi incendiado na Brasilândia após protesto | Reginaldo Castro/Folhapress

Em 26 dias, São Paulo já registrou 23 ônibus municipais incendiados por vândalos durante protestos.

O número é maior que a quantidade de veículos queimados em todo o primeiro semestre do ano passado (21).

Na maioria das vezes, os incêndios são motivados por protestos por estragos causados pela chuva, falta de moradia ou após a morte de suspeitos em tiroteios com a PM. Em todos os casos, um grupo entra no veículo, manda todos descerem e ateia fogo ao veículo.

Os últimos ataques ocorreram na noite de sábado na Brasilândia, na zona norte, e na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo, zona leste da cidade.

De acordo com o sindicato das empresas de ônibus, os incêndios causaram um prejuízo de R$ 8,5 milhões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo