Pilar cai e fere duas jovens em boate do Rio Grande do Sul

Por Caio Cuccino Teixeira

Duas jovens se machucaram após o desmoronamento do pilar de uma boate em Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul. Michelle Finger dos Santos, de 32 anos, e Marília Magni, de 23 anos, sofreram ferimentos leves durante a madrugada deste domingo.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Plano de Prevenção Contra Incêndios estava dentro da lei, mas o alvará do estabelecimento estava vencido.

A boate foi esvaziada, interditada e vai passar por perícia.

Em nota, A Tai Tzu Lounge esclarece que, ao contrário do que os bombeiros dizem, “o alvará de funcionamento expedido pelo município e a licença do Corpo de Bombeiros estão, como sempre estiveram, rigorosamente em dia”.

O acidente acontece quase um ano após a tragédia que matou 242 jovens na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Veja, abaixo, a nota da boate na íntegra:

A Tai Tzu Lounge esclarece a comunidade de Passo Fundo que o fato ocorrido na madrugada de domingo, 26 de janeiro, foi atípico e contrário ao desejo de proporcionar a clientes e colaboradores toda a segurança necessária para o seu entretenimento. Ressalta o compromisso de observar todas as normas básicas para o seu funcionamento, como vem ocorrendo há mais de seis anos. O alvará de funcionamento expedido pelo município e a licença do Corpo de Bombeiros estão, como sempre estiveram, rigorosamente em dia. Todas as ações assumidas pelos seus colaboradores na hora do fato foram fundamentais para garantir a imediata, ordenada e segura evacuação do ambiente, assim como o providencial socorro prestado as duas clientes atingidas, que tiveram o incansável e permanente acompanhamento direto da equipe à casa de saúde. Aguardar-se-ão com serenidade as avaliações dos órgãos públicos, sempre ressaltando o compromisso e a missão, que são os de proporcionar entretenimento em nossa cidade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo