São Paulo pede mais prazo para explicar novos corredores

Por Tercio Braga

A Secretaria dos Transportes protocolou ontem no TCM (Tribunal de Contas do Município) pedido de prorrogação do prazo para esclarecer as irregularidades apontadas pelo tribunal no edital das obras. O prazo de 15 dias determinado pelo TCM venceu ontem.

A concorrência prevê a construção de 128 km de um total de 150 km de corredores exclusivos para ônibus. O custo das obras está orçado em R$ 4,8 milhões.

A suspensão aconteceu no último dia 8, quando o TCM questionou a origem da verba para o custeio das obras. Segundo o tribunal, o edital também não apresentava os projetos básicos de engenharia e urbanismo. Além disso, os detalhes dos impactos das intervenções previstas foram considerados incompletos. Na decisão, o TCM ainda coloca em xeque a opção da prefeitura de fatiar em 10 concorrências a execução das obras.

Em nota, a secretaria afirma que a prorrogação tem como objetivo apresentar  ao TCM os dados completos e com o detalhamento necessário.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo