USP reforçará segurança. Confira vídeo com um dos roubos

Por Caio Cuccino Teixeira
Ciclista treina na Cidade Universitária | Mauricio Camargo/Eleven/Folhapress Ciclista treina na Cidade Universitária | Mauricio Camargo/Eleven/Folhapress

O policiamento no entorno do portão 3 da USP (Universidade de São Paulo), no Butantã, será reforçado a partir de hoje com unidades da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), que até agora só atuavam no campus esporadicamente.
A medida foi anunciada ontem pelo governador Geraldo Alckmin, após a onda de roubos de bicicletas dentro da Cidade Universitária.

Desde o início do ano, foram registrados pelo menos 12 roubos de bicicletas. Três deles ocorreram no último final de semana. Segundo relato de testemunhas, os assaltantes atuam em duplas e utilizam motos para abordar os ciclistas.

O titular da delegacia do Jaguaré, responsável pela região, Paulo Arbuis de Andrade, diz que, até o momento, apenas três casos de roubos de bicicletas foram registrados oficialmente.

Alckmin disse ontem que haverá mais quatro unidades da Rocam no período das 5h às 15h, e seis entre as 15h e as 23h, com possibilidade de extensão do horário até meia-noite.

Atualmente as rondas no campus são feitas por policiais da Base Comunitária, que foi instalada no campus em setembro de 2011, quando foi firmado convênio com a SSP (Secretaria de Segurança Pública).

De acordo com a SSP, além do patrulhamento a pé e com motos, policiais estão usando viaturas descaracterizadas para flagrar os bandidos.

A PM não informou quantos policiais trabalham no patrulhamento hoje.

“Será um aumento do policiamento motorizado, que tem mais agilidade e cobre mais, porque a cidade universitária é muito grande”, afirmou Alckmin.

Até o promotor de Justiça Roberto Bodini, responsável pela investigação da máfia do ISS (Imposto Sobre Serviços), foi vítima de roubo no campus no último final de semana. Para ele, o policiamento precisa também ser expandido para a ciclovia da marginal Pinheiros.

“Caso o reforço seja só na USP, haverá uma migração dos bandidos para a marginal.” Bodini também afirma que falta iluminação no campus, durante a noite.

Vídeo

Um vídeo divulgado no Youtube mostra a ação dos ladrões roubando bicicletas e saindo pelo portão da frente do campus. O assalto teria acontecido na manhã do último sábado. Assista:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo