Removidos no entorno do Itaquerão terão casa até maio

Por Tercio Braga
São Paulo terá cinco jogos além da abertura | Firedeman Vogel/Getty Images São Paulo terá cinco jogos além da abertura | Firedeman Vogel/Getty Images

As obras do entorno do estádio do Corinthians, o Itaquerão, que sediará a abertura da Copa do Mundo, resultaram em oito remoções e 26 desapropriações de casas no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo. O balanço foi apresentado nesta segunda-feira pela vice-prefeita, Nádia Campeão, que coordena a SPCopa , comitê especial de São Paulo para os jogos mundiais.

As famílias removidas, segundo a coordenadora da SPCopa, serão realocadas para conjuntos habitacionais construídos na região, com previsão de entrega para os meses de abril e maio. Enquanto isso, as famílias recebem auxílio para custeio de aluguel.

Ela informou que não foi a obra do estádio que exigiu a retirada de moradias. “Esses números dizem respeito a todas as obras viárias que vão beneficiar a região como um todo”, destacou. A vice-prefeita disse também que as desapropriações ocorreram judicialmente e já foram cumpridas.

A vice-prefeita reconheceu que, caso as desapropriações tivessem ocorrido com mais antecedência, haveria mais tempo para a conclusão das obras, mas ela considera que cumprir o rito legal foi importante para resguardar o direito das famílias.

“Se tivessem ocorrido há 30, 60 dias, a gente tinha mais folga, mas nós seguimos o rito correto para fazer com que a população não tenha nenhum tipo de problema. É o tipo de prazo que vale a pena aguardar com paciência”, declarou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo