Orçamento de São Paulo terá R$ 10 bilhões congelados neste ano

Por talita
Haddad espera por recursos federais | Bathista Lima/Frame/Folhapress Haddad espera por recursos federais | Bathista Lima/Frame/Folhapress

O prefeito Fernando Haddad (PT) vai congelar R$ 10 bilhões dos R$ 50,6 bilhões previstos no orçamento para este ano. O montante representa aproximadamente 20%.

A expectativa da prefeitura era de começar 2014 com R$ 1,2 bilhão em caixa para investimentos, proveniente do aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), barrado na Justiça. Entretanto, a administração terá apenas R$ 200 milhões para investimentos diversos.

O montante é inferior ao do ano passado, quando a administração municipal começou o ano com cerca de R$ 810 milhões em caixa para tocar projetos e obras.

Segundo a prefeitura, foram investidos R$ 3,7 bilhões na cidade no ano passado com recursos próprios e repasses estaduais e federais. Para este ano, a meta é tentar obter recursos para a manutenção de contratos assinados com a presidente Dilma Rousseff. Com os repasses federais, Haddad acredita que será possível elevar o patamar de investimentos no decorrer do ano.

Com apenas os recursos do município, o caixa para obras e projetos deve ficar em torno de R$ 28,8 bilhões.

A falta de verba para investimentos deve atingir principalmente as desapropriações, já que a compra das áreas deve ser feita com recursos municipais. Sem os terrenos, não há como receber recursos federais.

No começo do mês, o prefeito já havia anunciado o corte nas desapropriações de terrenos em diferentes pontos da cidade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo