Prefeito de Diadema diz que aumento do IPTU era necessário

Por talita
Michels diz que proprietários terão descontos de até 85% | ABr Michels diz que proprietários terão descontos de até 85% | ABr

O prefeito de Diadema afirma que o aumento do IPTU em até 17% na cidade da Grande São Paulo era necessário por causa da revisão da planta genérica. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Lauro Michels disse que houve uma ocupação desordenada nos últimos anos, o que gerou muitos problemas. Com a revisão das regras, muitos donos de imóveis tiveram reduções no imposto que chegaram a 85%.

Em relação à saúde, o prefeito ressaltou que faltam médicos na rede pública de Diadema, como ocorre em centenas de cidades do país. Segundo Michels, muitos especialistas pediram exoneração depois que passou a ser feito um controle mais rígido do ponto. E o apoio do governo federal, por meio do Programa Mais Médicos, tem sido pequeno até agora, na visão do administrador municipal. A prefeitura está implantando um novo sistema de gratificação para tentar atrair mais profissionais. Outras metas para este ano previstas em Diadema são a ampliação das creches e a remodelação do sistema viário do centro da cidade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo