Prefeitura de São Paulo quer mais prazo para tirar táxis de corredores

Por fabiosaraiva
Corredor da avenida Nove de Julho  | André Porto/Metro Corredor da avenida Nove de Julho | André Porto/Metro

O prefeito Fernando Haddad (PT) disse nesta segunda-feira que estuda pedir ao MP (Ministério Público) o adiamento do prazo para a remoção dos táxis dos corredores de ônibus da capital paulista. O prazo, estipulado pela Promotoria no dia 17 de dezembro, termina no dia 1º de fevereiro. Se o governo municipal descumprir a recomendação, a Promotoria irá entrar com uma ação civil pública.

O argumento da prefeitura é de que a administração municipal precisa de mais tempo para ouvir a sociedade antes de adotar a medida.

Nesta quarta-feira, o secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, apresentará à Comissão Municipal de Trânsito e Transporte uma pesquisa feita pela CET mostrando que a velocidade dos ônibus nos corredores pode aumentar até 25% sem a presença dos táxis nas vias exclusivas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo