Mortos pela chuva em Itaóca chegam a 10, diz Defesa Civil

Por george.ferreira

O número de mortos pelas chuvas em Itaóca, no interior de São Paulo, chega a 10, segundo dados preliminares da Defesa Civil paulista divulgados nesta manhã. No último domingo, a cidade foi inundada pelo transbordamento do Rio Palmital após uma tromba d’água. Houve queda de três barreiras, o que dificultou o acesso à cidade.

Aproximadamente 100 moradias foram afetadas, segundo a Defesa Civil. Cerca de 332 pessoas estão desabrigadas. A instituição informa que há pessoas desaparecidas, mas não confirma a quantidade. Até a atualização de 10 mortes, as buscas eram por 12 pessoas.

Imagens mostram a destruição em Itaóca:

Equipes da Defesa Civil, do Instituto Geológico e do Corpo de Bombeiros encontram-se no município para auxiliar nas ações de socorro e assistência aos afetados. Os bombeiros atuam na região com 15 agentes, 4 cães farejadores e 5 viaturas. A Polícia Militar disponibilizou ainda uma aeronave do Grupamento Aéreo para auxiliar no reconhecimento e acesso a bairros isolados na cidade.

A Defesa Civil já enviou materiais de ajuda humanitária, como produtos de higiene e limpeza, e colchões. Municípios vizinhos, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e a CODASP (Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo) disponibilizaram maquinários, como caminhões e retroescavadeira, para auxiliar nos trabalhos de limpeza e desobstrução das vias. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) fornece ainda água potável e caminhão pipa para limpeza das ruas.

Para esta tarde há previsão de pancadas de chuva de intensidade moderada em Itaóca.

Acompanhe a previsão de Laura Ferreira:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo