Rodízio será ampliado em 371 km até abril; confira as ruas

Por Tercio Braga

O secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou nesta quarta-feira que a ampliação do rodízio de veículos deve entrar em vigor até abril. Estudo apresentado pela prefeitura prevê a inclusão na restrição de mais 371 km lineares, abrangendo cerca de 400 vias. Atualmente, o rodízio vale apenas no centro expandido. Com a ampliação, a restrição passará a valer nas principais avenidas que ligam a periferia ao centro da cidade, e que atualmente estão fora do rodízio (vote na enquete no fim do texto).

Confira a lista completa das ruas

Segundo Tatto, com a ampliação, a lentidão da cidade deve cair 13%, e a velocidade média dos veículos deve subir de 18,9 km/h para 20,5km/h (8,5%). “Fazer algumas restrições para diminuir o número de carros é uma tendência no mundo todo”, afirmou o secretário.

Os detalhes serão definidos na próxima quarta, em reunião do Conselho Municipal de Trânsito.

arte-novo-rodizio600

Todas as 400 vias serão monitoradas

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) pretende instalar radares para fiscalizar as 400 vias que passarão a fazer parte do rodízio.
Segundo o estudo apresentado ontem, serão equipamentos do tipo LAP, capazes de fazer a leitura de placas.

Além dos radares, a CET pretende instalar nas novas vias placas, sinalização horizontal e placas de regulamentação indicando os dias e horários do rodízio municipal, que vigora de segunda a sexta, das 7h às 10h e entre 17h e 20h).

O local onde termina a restrição, além de sinalização, mostrará a quantos metros começa a área restrita e a saída para outras vias.
A regra continua a mesma. O motorista só pode ser multado uma vez por período. A multa por desrespeito à restrição é de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira.

Prefeitura vai investir R$ 530 milhões em radares

A prefeitura pretende gastar R$ 530 milhões para a compra dos novos radares do tipo LAP (leitor de placas). Ao todo, serão adquiridos 843 aparelhos. Alguns irão substituir parte dos 587 equipamentos em funcionamento hoje. Muitos deles estão quebrados.

Pelo cronograma da prefeitura, os equipamentos começarão a ser instalados em março. Eles permitirão à CET saber se um veículo é roubado. Além disso, será possível medir a velocidade média em determinado trecho. Com isso, mesmo freando ao se aproximar do radar, o motorista poderá ser multado.

A prefeitura ainda vai instalar outros 200 radares em faixas exclusivas para apertar a fiscalização contra os motoristas que invadem os espaços destinados aos ônibus. Esses equipamentos serão instalados até o final do ano.
Com mais radares, a arrecadação com multas deve subir 22% em 2014.

A previsão de aumento na arrecadação com multas consta na proposta de Orçamento enviada à Câmara Municipal em outubro do ano passado.

De acordo com o documento, a receita com as autuações vai passar de R$ 1 bilhão, em 2013, para R$ 1,2 bilhão, neste ano.

lista-ruas-do-rodizio620

[poll id=”166″]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo