Bando acusado de roubar carros é preso na Grande São Paulo

Por Tercio Braga

A polícia prendeu nesta terça-feira 13 acusados de integrar uma quadrilha suspeita de participação em assaltos a carros e sequestros. O bando, que foi preso em Guarulhos, tem entre os integrantes Claudio Amescoa, considerado o maior ladrão de veículos de São Bernardo.

De acordo com a polícia, Amescoa chegava a roubar quatro carros por dia. As investigações apontam que a quadrilha também atuava em outras cidades da região metropolitana de São Paulo.

Pelo menos 100 policiais civis se dividiram para cumprir os mandados na capital, em São Bernardo do Campo, Santo André, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá e Guarulhos. Os detidos foram encaminhados para a 7ª delegacia de Guarulhos. Entre eles estão duas mulheres e dois adolescentes.

A investigação foi iniciada há cerca de  seis meses, depois do roubo de dois caminhões na marginal Tietê. Os motoristas foram levados para um cativeiro.

Na época, a Polícia Militar apreendeu o adolescente responsável por vigiar as vítimas. Com o rapaz estavam dois celulares. Os números gravados nas agendas dos telefones levaram a polícia até a quadrilha.

Na casa dos suspeitos, a polícia apreendeu duas pistolas – uma de brinquedo -, um carregador de metralhadora, computadores, uma moto e seis carros. Segundo a polícia, Emerson Santos da Silva, Admilson de Paiva e Claudio Amescoa são apontados como os chefes do grupo.

Estatísticas

Os últimos dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública mostram que os roubos de veículos no Estado e na capital tiveram alta de 32% e 36%, respectivamente, no mês de novembro, ante o mesmo mês de 2012.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo