Exército faz buscas por trio desaparecido no AM

Por BAND
Pinheiro, Freire e Ribeiro estão desaparecidos desde o mês passado / Reprodução/Band Pinheiro, Freire e Ribeiro estão desaparecidos desde o mês passado / Reprodução/Band

O Exército reforça as buscas pelos três homens que desapareceram em Humaitá, no Amazonas, após um carro ser encontrado queimado na região. O trio teria sido sequestrado no mês passado por índios da etnia Tenharim depois da morte de um cacique na Rodovia Transamazônica.

A região chegou a ser palco de confrontos porque a população acusa a tribo de envolvimento no sumiço dos homens. O advogado das famílias dos desaparecidos, Carlos Terrinha, acredita que os três foram mortos e tiveram seus corpos queimados. Ele defende a prisão dos demais caciques da tribo.

O bispo Dom Francisco Merkel, que faz a mediação do conflito em Humaitá, afirma que os índios estão agressivos e se recusam a conversar.

Mais de 400 integrantes do Exército, PM, Polícia Federal e da Força Nacional de Segurança trabalham nas buscas pelos três desaparecidos. São eles o professor Steff Pinheiro de Souza, o comerciante Luciano Ferreira Freire e o técnico da Eletrobrás Amazonas Energia, Aldeney Ribeiro Salvador.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo