Cracolândia: Haddad dará emprego a dependentes

Por BAND
Haddad quer usar um modelo holandês para acabar com a cracolândia | Valter Campanato / ABr Haddad quer usar um modelo holandês para acabar com a cracolândia | Valter Campanato / ABr

A prefeitura de São Paulo aposta em um plano holandês para acabar com o problema crônico dos viciados em drogas da cracolândia, no centro de São Paulo. A ideia é oferecer moradia e trabalho a dependentes químicos para que eles possam recomeçar a vida. (vote na enquete no fim do texto)

Integrantes do governo municipal se reuniram com alguns usuários de entorpecentes que vivem pela região para debater o programa. Além disso, será oferecido acompanhamento médico aos que aceitarem a ajuda.

O prefeito Fernando Haddad explicou nesta segunda-feira que o trabalho de campo já teve início para preparar a ação.

Na semana passada, a reportagem da Rádio Bandeirantes levou ao ar reclamações de moradores e comerciantes da região da Cracolândia. O prefeito Fernando Haddad criticou tentativas anteriores que fracassaram ao tentar resolver o problema.

Há dois anos, uma ação conjunta da prefeitura e do governo do Estado encabeçada pela PM (Polícia Militar) apenas espalhou os usuários de drogas pelo centro de São Paulo.

Outra consequência da iniciativa foi o surgimento de “mini-cracolândias” em outras regiões da cidade.

[poll id=”163″]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo