Quatro ônibus são incendiados na zona sul e leste de SP

Por BAND
Um dos ônibus que foi incedndiado em São Paulo | Cristiano Novais/Sigmapress/Folhapress Um dos três ônibus que foi incendiado na zona sul de São Paulo | Cristiano Novais/Sigmapress/Folhapress

Um ônibus foi incendiado por seis criminosos na noite de domingo na zona leste de São Paulo. A polícia entrou em confronto com os incendiários por volta das 20h na Avenida Doutor Guilherme de Abreu Sodré, na região de Guaianases. Na noite de sábado três ônibus já haviam sido incendiados, na região do Jabaquara, na zona sul de São Paulo. Segundo a PM (Polícia Militar), ninguém ficou ferido.

Na zona leste, os policiais foram acionados para conter o ato e ao chegar ao local, moradores ficaram incomodados e os atacaram. O motivo da ocorrência seria represália aos atos contra bailes funk na região. Nos últimos dias, um policial militar foi baleado na região na tentativa de conter um pancadão.

Não há registro de feridos no confronto. Uma pessoa foi detida e encaminhada ao DP (Distrito Policial) da área. O veículo incendiado continua no local e policiais permaneceram na região para preservar a área. O caso foi registrado no 53º DP.

Na zona sul, a primeira informação divulgada pela polícia também foi de que o fogo aconteceu depois que agentes contiveram um baile Funk na região. Mais tarde, outras informações deram conta de que o incêndio ocorreu porque uma criança da comunidade de Vila Alba foi atingida por um disparo de arma de fogo feito por um policial.

A vítima, de três anos, teria sido baleada supostamente durante troca de tiros entre o agente e um suspeito. Atingido na perna, o menino teria sido socorrido e levado para o Hospital Saboya, também no Jabaquara.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo