Motorista é liberada após atropelamento em São Paulo

Por BAND

Uma das crianças atropeladas por uma motorista bêbada na Grande São Paulo permanece internada em estado grave. A condutora foi liberada depois do pagamento de uma fiança de R$ 1.500.

A imagem de uma câmera de segurança mostra as vítimas sendo atropeladas e prensadas contra o portão de uma casa. Elas brincavam na rua quando a motorista bêbada perdeu o controle do carro. A menina, de 11 anos, é a vítima mais grave. Ela está internada no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos. A menina – que é diabética – quebrou as pernas e a bacia, e teve o pulmão perfurado.

Além dela, outras duas crianças, de oito e dez anos, foram atingidas. Elas sofreram ferimentos leves e passam bem. Uma adolescente de 15 anos que foi prensada contra o portão está internada. A menina fraturou uma das pernas e espera uma cirurgia, mas está fora de perigo.

A motorista é vizinha das vítimas. Segundo moradores, ela participava de uma festa pouco antes do atropelamento. Na delegacia, a mulher, de 38 anos, confessou ter ingerido bebida alcoólica.

A família da motorista regularizou a situação do carro, que estava com problemas na documentação, e já retirou o veículo da delegacia. Ela vai responder por embriaguez ao volante e lesão corporal culposa, quando não há intenção de provocar o acidente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo