Polícia frustra roubo de cofre de supermercado em São Paulo

Por fabiosaraiva
Assaltantes foram detidos após perseguição | Cid Barboza/Sigmapress/Folhapress Assaltantes foram detidos após perseguição | Cid Barboza/Sigmapress/Folhapress

Um grupo de criminosos foi preso na manhã desta segunda-feira após arrombar a porta de um supermercado e levar o cofre utilizado para guardar o dinheiro arrecadado durante o final de semana. O crime ocorreu por volta das 4h40, na avenida Miguel Estefano, região da Saúde, na zona sul.

Segundo a PM (Polícia Militar),  a quadrilha, formada por 10 homens, utilizou um equipamento especial para arrombar a porta de aço do estabelecimento comercial. No entanto, o barulho gerado pela queda da estrutura chamou a atenção de vizinhos, que alertaram a polícia sobre o assalto.

Antes da chegada da PM,  o grupo entrou no supermercado e retirou o cofre, que ficava em uma sala protegida nos fundos do imóvel. Quando eles deixavam o local, foram surpreendidos por um carro da polícia.

Houve troca de tiros. Os assaltantes fugiram em três veículos, sendo dois carros de passeio e um furgão que  transportava o cofre.

A PM iniciou uma perseguição aos criminosos pelas ruas do bairro da Saúde. No cruzamento das ruas Degroux com a Alcatraz, um dos veículos foi cercado. Uma nova troca de tiros foi registrada. Dois homens foram presos. Ninguém ficou ferido.

Minutos depois, outros dois homens que seguiam no furgão com o cofre foram localizados em uma rua próxima ao supermercado. Na tentativa de fuga, o motorista perdeu o controle do veículo e acabou colidindo contra o muro de uma casa. Outros dois suspeitos foram detidos. O cofre foi recuperado pela polícia.

O terceiro veículo, responsável pela escolta do furgão, conseguiu escapar. Nele estavam outros seis homens que participaram da ação.

 

Imagens

A Polícia vai utilizar a gravação de um cinegrafista amador para tentar identificar os suspeitos que conseguiram fugir. Um vizinho do supermercado registrou toda a ação da quadrilha. O caso será investigado no 35º DP, no Jabaquara.

 

Saída temporária

Dos quatro detidos, dois estavam na rua beneficiados pelo indulto de fim de ano.   Segundo a Polícia Civil, eles cumprem pena em presídios no interior de São Paulo, para onde voltariam após a virada de ano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo