Para subsidiar taxa, gasto com inspeção será 24 vezes maior

Por Carolina Santos

A prefeitura prevê gastar R$ 60 milhões em R$ 2014 para garantir a promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT) de acabar com a taxa de R$ 47,44 da inspeção veicular.

O montante, que garantirá a isenção para motoristas  aprovados no teste de emissão de poluentes, está previsto no Orçamento para o próximo ano.

A quantia é 24 vezes superior ao orçado para este ano, quando a dotação deixada pela gestão de Gilberto Kassab (PSD) foi de R$ 2,5 milhões  (veja ao lado).

A previsão orçamentária   também tem como destino garantir o novo modelo de inspeção proposto pela gestão Fernando Haddad.

A partir de 2014, veículos com até três anos de fabricação não precisarão fazer o teste de emissão de poluentes. Ele só será obrigatório, a cada dois anos, a partir do quarto licenciamento.

Somente os veículos com mais de nove anos de fabricação e os movidos a diesel terão que realizar a inspeção anualmente.

 

Novo modelo   

A partir de fevereiro, a Secretaria do Verde e Meio Ambiente irá licitar o novo modelo de inspeção veicular para a capital. Quatro consórcios irão substituir a Controlar, empresa que realizará  o serviço até 31 de janeiro.

De acordo com a prefeitura, as empresas vencedoras poderão cobrar no máximo R$ 40,86  dos motoristas reprovados no novo modelo de inspeção.

 

Corte perigoso  

Segundo o consultor Gabriel Murgel Branco, especialista em programas de emissão de poluentes, a prefeitura alterou as regras da inspeção para conseguir economizar com o serviço e garantir o cumprimento da promessa de campanha.

Ele afirma que para manter o serviço com a regra atual, submetendo toda a frota ao teste uma vez por ano, seriam necessários R$ 170 milhões para subsidiar o fim da taxa.  “A mudança nas regras, como propõe o governo Haddad, terá como resultado uma piora na qualidade do ar em São Paulo. No futuro, essa conta irá chegar para a cidade.”

Procurada para comentar o aumento dos gastos com a inspeção, a Secretaria do Verde não respondeu à reportagem.

 

Inspeçao-veicular-arte

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo