Com baixa adesão, apenas 5 protestam no "toplessaço" no RJ

Por george.ferreira
Ato aconteceu por volta das 10h deste sábado / Julio Cesar Guimarães / Folhapress Ato aconteceu por volta das 10h deste sábado / Julio Cesar Guimarães / Folhapress

Poucas mulheres participam do “toplessaço” às 10h deste sábado, na Praia de Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro.

Centenas eram esperadas para o protesto, mas, até o momento, apenas cinco tiraram a parte de cima do biquíni. Nem as organizadoras do evento compareceram.

A manifestação foi organizada pelas redes sociais e chegou a contar com 50 mil adesões no Facebook. As produtoras teatrais Ana Rios e Bruna Oliveira tiveram a ideia durante a Marcha das Vadias, no dia 27 de julho.

Projeto

O vereador Elton Babú (PT) apresentou projeto de lei na Câmara Municipal do Rio que autoriza a prática do “topless” nas praias da cidade no trecho entre o calçadão e o mar.

A proposta tramita nas Comissões Permanentes da Casa. “Se a mulher expõe os seios para amamentar, por que não fazer o mesmo para tomar sol?”, questiona o parlamentar na justificativa da matéria. Após a aprovação, a prática do topless nas praias cariocas necessitará de regulamentação do Executivo Municipal para ser exercida legalmente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo