Quadrilha também teria fraudado Enem em Minas e no Rio

Por Carolina Santos

A quadrilha suspeita de vender vagas em cursos de medicina em Minas Gerais e no Rio de Janeiro também é investigada por fraudes no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano.

O grupo teria comprado dois cadernos da prova de um fiscal responsável por acompanhar o trajeto do exame até o momento da aplicação em Barbacena, na Zona da Mata mineira. As questões foram, então, resolvidas e passadas ao candidato por mensagens de celular.

Ao todo, 36 pessoas estão sendo investigadas por envolvimento na fraude dos vestibulares de Medicina. Vinte e um suspeitos foram presos na época em que a operação foi realizada, mas apenas cinco – suspeitos de liderar a quadrilha – não foram colocados em liberdade novamente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo