PM desocupa prédio ao lado do Museu do Índio no RJ

Por george.ferreira
15 pessoas foram levadas para a 18ª DP após a desocupação de um prédio do antigo Museu do Índio, na manhã desta segunda-feira | Erbs Jr. / Folhapress 15 pessoas foram levadas para a 18ª DP após a desocupação de um prédio do antigo Museu do Índio, na manhã desta segunda-feira | Erbs Jr. / Folhapress

Cerca de 15 pessoas foram levadas para a 18ª DP após a desocupação de um prédio do antigo Museu do Índio, na manhã desta segunda-feira, dia 16. A Radial Oeste, que liga a zona norte ao Centro do Rio, chegou a ficar interditada por conta a atuação da Polícia Militar no local mas foi liberta por volta das 10h.

De acordo com o comando do Batalhão de Choque, cerca de 150 policiais militares em apoio ao 4º BPM (São Cristóvão) realizaram a desocupação do antigo prédio do Ministério da Agricultura, que havia sido ocupado na noite deste domingo.

Através de nota, o Governo do Rio de Janeio informou que o antigo Museu do Índio não será derrubado. Ele será transformado em um Centro de Referência das Culturas Indígenas.

O imóvel invadido, foi um dos quatro prédios que foram comprados do antigo Ministério da Agricultura pelo Governo do Estado. No local está previsto a construção de estruturas temporárias (overlay) do Estádio do Maracanã para a Copa do Mundo.

A demolição desta área será realizada pela Concessionária do Maracanã, com autorização do Estado. Depois da Copa do Mundo, esta área onde ficará a estrutura provisória para a Copa será utilizada para a construção do Museu do Futebol, previsto para ficar pronto para as Olimpíadas.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo