Polícia ouve 49 black blocs detidos durante protestos

Por fabiosaraiva
Policiais fazem a segurança na frente do Deic durante depoimentos | Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress Policiais fazem a segurança na frente do Deic durante depoimentos | Mario Angelo/Sigmapress/Folhapress

Apenas 49 dos 80 black blocs detidos nas manifestações dos últimos meses em São Paulo compareceram ao Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) para prestar depoimento nesta quinta-feira.

Os mascarados foram convocados para que a polícia identifique, monitore e responsabilize os envolvidos em atos de vandalismo durante manifestaçõesna capital.

Em novembro, 80 mascarados já haviam prestado depoimento. A polícia diz que vai convocar mais 80 até o final do ano.

O governo criou uma força-tarefa para indiciar os vândalos por associação ao crime, formação de quadrilha e dano ao patrimônio. O inquérito deve seguir para o MP (Ministério Público) ainda este ano.

Ao todo, 280 pessoas estão sendo investigadas. Quem for processado poderá ser preso ou proibido de participar de manifestações.

Durante os protestos,  grupos de mascarados foram responsáveis por depredações de lojas, vidraças de bancos e bens públicos, além de agressões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo