Vereador protocola pedido de CPI para investigar fraudes em SP

Por Tercio Braga

O vereador de São Paulo Gilberto Natalini (PV) protocolou nesta quinta-feira um pedido de instalação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) na Câmara Municipal para investigar as fraudes fiscais na prefeitura envolvendo o Imposto sobre Serviços (ISS). No esquema, auditores fiscais do município cobravam propina de empresas para diminuir o valor do imposto que deveria ser recolhido aos cofres do município.

Depois de protocolado o pedido, o vereador terá agora que coletar 28 votos favoráveis, dentre os 55 vereadores que compõem a Câmara Municipal paulistana, para a abertura da CPI. “Estou convicto de que a Câmara Municipal deve investigar esta máfia que desviou dinheiro dos cofres públicos, verba que poderia ser usada na educação e na saúde”, disse Natalini, que conseguiu recolher as 19 assinaturas necessárias para dar entrada no pedido de CPI.

Segundo o promotor de Justiça Roberto Bodini, o esquema pode ter envolvido 410 empreendimentos, entre construtoras, shoppings e até hospitais. A prefeitura, o Ministério Público e a Polícia Civil, que investigam o caso, estimam que até R$ 500 milhões tenham sido desviados da prefeitura paulistana com o esquema criminoso.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo