Eleição para Conselho de São Paulo tem baixa adesão

Por talita

Desconfiança e falta de obrigatoriedade podem explicar a baixa adesão à eleição de membros para o Conselho Participativo da Cidade, realizada no domingo (8).

Mais de 100 mil pessoas foram às urnas no domingo escolher 1.100 representantes para atuar dentro das subprefeituras, fiscalizando a gestão, apontando prioridades locais e monitorando o orçamento de cada bairro.

A criação do Conselho foi uma proposta do vereador do PSD José Police Neto, aprovada em maio do ano passado. Em entrevista à Bandnews FM, ele disse que a votação deste domingo ficou dentro do esperado e deve aumentar ao longo dos anos, na medida em que a população se tornar mais familiarizada com a atuação dos conselheiros.

Quem foi às urnas escolher os representantes para o Conselho Participativo espera bons resultados da nova estrutura de governança pública. A pesquisadora de internet Thatiana Vitorélli, por exemplo, é moradora do Butantã e cobrou mais participação da população em geral.

Para se ter uma ideia, cada vereador de São Paulo representa cerca de 200 mil habitantes. No caso dos conselheiros, cada um poderá representar cerca de 10 mil paulistanos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo