Garota baleada em guarulhos cresceu com estudante morto em abril

Por BAND

A universitária baleada durante uma tentativa de assalto em Guarulhos, na Grande São Paulo, era amiga de Victor Hugo Deppman, estudante de Rádio e TV morto no último mês de abril. “Eles cresceram juntos, foram criados juntos. São pessoas muito próximas a nós”, disse, à Rádio Bandeirantes, a mãe de Victor, Marisa Deppman.

A estudante, de 18 anos, foi abordada por três bandidos às 20h30 de terça-feira. Eles começaram a colidir contra o carro dela, que parou em um posto de combustível desativado na Via Dutra para ver as condições do carro. Os criminosos também estacionaram o veículo e anunciaram o assalto. Eles efetuaram um disparo, que atingiu a nuca da universitária. Uma amiga dela, que a acompanhava no carro, ficou em estado de choque. Sem roubar nada, o trio fugiu em seguida.

 

A estudante foi levada ao pronto-socorro do Hospital Nipo-Brasileiro, onde está internada em estado grave. Segundo Marisa, que também conhece os pais da vítima, a família está desolada. O carro em que a universitária estava teria sido blindado após o crime que matou Victor Hugo, falou Marisa, que aproveita para fazer um apelo. “Está na hora de fazer uma corrente para que o Brasil mude. Estamos chegando em um estágio de se fazer justiça com as próprias mãos”.

 

 

Victor Hugo

Em abril, Victor Hugo Deppman, de 19 anos, foi assassinado na porta de casa durante um assalto ocorrido na zona leste de São Paulo. O rapaz voltava do trabalho e não reagiu à ação criminosa; mesmo assim, foi atingido por um tiro na cabeça. O assassino, de 17 anos, foi levado à Fundação Casa após confessar o crime.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo