PMs dizem que foram obrigadas a ocultar provas no caso Amarildo

Por george.ferreira

Quatro mulheres, que são soldados da PM do Rio de Janeiro, confessaram que receberam ordens de superiores para ocultar provas da tortura contra o ajudante de pedreiro Amarildo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo