Greve dos professores do Rio acaba após quase 80 dias

Por Tercio Braga
Professores durante assembléia para discutir sobre a greve | Tânia Rêgo/ABr Professores durante assembléia para discutir sobre a greve | Tânia Rêgo/ABr

Depois de quase 2 meses e meio de braços cruzados, os professores da rede estadual do Rio de Janeiro decidiram, em uma tensa assembleia nesta tarde, encerrar a greve, que prejudicou o ano letivo de aproximadamente 400 mil alunos.

De acordo com o Sindicato dos Profissionais da Educação (SEPE), cerca de 600 docentes estiveram na reunião, marcda por discussões ásperas de grupos pró e contra o fim da paralisação. Indignados, os professores que votaram pela continuação da greve tentaram se aproximar da mesa diretora e interromperam a sessão. Ainda precisa ser definido com será a reposição das aulas perdidas.

A decisão ocorreu dois dias depois de um acordo entre a SEPE e a Secretaria Estadual da Educação firmarem um acordo durante uma audiência de conciliação no Supremo Tribunal Federal.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo