Três PMs se entregam após ter prisão decretada pelo caso Amarildo

Por fabiosaraiva

Três PMs do caso Amarildo se entregaram após ter prisão decretada. Eles se apresentaram no Quartel General da PM, no centro do Rio.

Leia também:

Justiça determina que acusados no caso Amarildo permaneçam presos

Hoje, também, a família do ajudante de pedreiro entrou na Justiça contra o governo do Rio. As autoridades ainda não começaram a pagar a pensão devida, nem ofereceram tratamento psicológico, como foi determinado pela justiça. Ao todo, 25 policiais da favela da Rocinha foram denunciados pela tortura e morte do pedreiro, que desapareceu há três meses.

Loading...
Revisa el siguiente artículo