Professores da rede municipal decidem manter greve no Rio

Por Carolina Santos
Professores tomaram  a av. Presidente Vargas | Sandrovox/Brazil Photo Press/Folhapress Professores tomaram a av. Presidente Vargas | Sandrovox/Brazil Photo Press/Folhapress

Os professores da rede municipal do Rio de Janeiro decidiram, em assembleia realizada nesta terça-feira, manter a greve, que começou em 8 de agosto. A categoria reivindica um diálogo com a administração de Eduardo Paes e a apresentação de um novo plano de cargos e salários, distinto do que foi apresentado pelo prefeito e aprovado pela Câmara Municipal.

Diversas manifestações dos professores ocorreram nos últimos 76 dias no Rio de Janeiro pedindo a revogação do projeto aprovado. O impasse foi parar no Supremo Tribunal Federal. O ministro Luiz Fux vai mediar uma audiência com membros do governo municipal e o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE), que representa os docentes.

Convidados pelo ministro, o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes não vão ao encontro, segundo as assessorias de imprensa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo