Estudantes liberam portão 1 da USP após 4 horas de protesto

Por talita
Manifestantes cercaram carro em frente o portão 1 da Universidade | Apu Gomes/Folhapress Manifestantes cercaram carro em frente o portão 1 da Universidade | Apu Gomes/Folhapress

Estudantes da USP (Universidade de São Paulo) protestam contra a falta de diálogo com a direção da universidade na manhã desta sexta-feira. O grupo, de cerca de 80 pessoas, fecha o portão 1 da Cidade Universitária, que fica na zona oeste de São Paulo. A PM (Polícia Militar) acompanha a manifestação e não há registro de confronto.

Leia mais: Protesto na USP pode mudar decisão da Justiça

“Exigimos que a USP abra negociação imediata para eleição direta para reitor. Até agora, a universidade não fez isso”, disse, à Rádio Bandeirantes, o estudante Pedro Serrano, diretor do DCE (Diretório Central dos Estudantes). “A gente acha que a universidade precisa de um debate aberto de ideias”, diz o aluno do curso de Ciências Sociais, de 22 anos.

Segundo Serrano, a manifestação acabaria assim que a reitoria se colocasse disposta a conversar sobre as propostas dos estudantes. “A tônica segue de nós buscarmos o diálogo com todo mundo, mas, infelizmente, somos sumariamente ignorados pela reitoria. O culpado[do protesto] é o reitor da USP. Há mais de 15 dias queremos negociar e o [reitor João Grandino] Rodas não nos atende. No momento em que a reitoria nos ligasse, acabaríamos imediatamente com o protesto. A reitoria não abre negociação com a gente. Nós achamos que não deveria acontecer isso hoje [protesto]. Se a reitoria ligasse, isso não aconteceria”.

Perguntado se não se sente prejudicado com a paralisação das aulas, o estudante disse: “Tudo o que eu queria nesse momento era estar dentro de uma biblioteca”.

Serrano volta a pedir diálogo com Rodas. “Os estudantes querem uma saída negociada dessa manifestação. A única maneira de se resolver essa situação é negociando”.

Os estudantes pedem democracia e eleições diretas para Reitor | Brazil Photo Press/Folhapress Os estudantes pedem democracia e eleições diretas para Reitor | Brazil Photo Press/Folhapress

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo